Notícias





Post Top Ad

Your Ad Spot



quarta-feira, 15 de maio de 2024

Nova Esperança - PR: Duas mulheres denunciadas pelo MP do PR foram condenadas pelo Judiciário à perda dos cargos públicos

(c) - Prefeitura Municipal de Nova Esperança - PR (Infraestrutura).

Em Nova Esperança, duas mulheres denunciadas pelo Ministério Público do Paraná foram condenadas pelo Judiciário à perda dos cargos públicos.


São elas: uma vereadora, que também é coordenadora pedagógica de uma escola, e a diretora do estabelecimento de ensino.



A vereadora teria falsificado várias vezes o controle de frequência no colégio em que deveria estar trabalhando para acompanhar sessões da Câmara Municipal. 


E a diretora teria auxiliado a vereadora a cometer os crimes de falsidade ideológica por, pelo menos, dez vezes. 


O MP argumentou na denúncia que os atos criminosos evitaram os descontos na folha de pagamento da coordenadora pedagógica, possibilitando-lhe assim enriquecimento ilícito às custas do erário municipal.



Além da perda dos cargos públicos, a vereadora foi condenada a um ano e dez meses de reclusão e ao pagamento de multa de 8,5 salários-mínimos, e a diretora, a um ano e oito meses e pagamento de oito salários-mínimos. 


Conforme determina a legislação, as penas privativas de liberdade foram substituídas por prestação de serviços à comunidade: sete horas semanais, durante o prazo da condenação, e pagamento de multa de dez (para a a vereadora) e nove salários-mínimos (para a diretora da escola). Cabe recurso da decisão.


Processo: 0001723-64.2023.8.16.0119.



Fonte: Assessoria de Comunicação do MPPR.

Postagem do jornalista Claudinei Prado - MTPS 23.455/SP e IFJ 674 BR.


CASA DAS BATERIAS
Agora em Novo Endereço.
Fones: 44 3575.1845 / 44 9.9993.9850
Senhor José Wilson
Av. Santo Antônio, 1335 - Centro - Roncador - PR


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot